Marketing Digital: o que é, como fazer, estratégias em 2023 e TUDO sobre!

5 · 03 · 23

O Marketing Digital é um conceito amplo e subjetivo que pode parecer complexo, mas é uma das maneiras mais eficazes para as empresas se comunicarem com seus clientes e potenciais clientes de forma personalizada e no momento certo.

Você já sabe disso? Se ainda não, não se preocupe! Neste post, vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o assunto para se preparar para o futuro.

Marketing Digital é a promoção de produtos ou marcas por meio de mídias digitais, como blogs, sites, motores de busca, redes sociais, email e outros. É uma maneira ágil e eficiente de solucionar as necessidades e desejos dos clientes e potenciais clientes.

Philip Kotler, o pai do Marketing, define marketing como “o processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas satisfazem desejos e necessidades com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”. No entanto, no mundo atual, é impossível falar de marketing sem levar em conta a internet e as compras online.

Assim, o Marketing Digital é a principal forma de conceituar e fazer marketing nos dias de hoje. E é a melhor maneira para alcançar seus objetivos, como aumentar sua rede, fortalecer sua marca e melhorar suas vendas.

Além disso, o Marketing Digital é uma das melhores ferramentas disponíveis para calcular o retorno sobre cada investimento e definir métricas simples e claras de medir.

Por isso, não perca mais tempo e aprenda tudo sobre Marketing Digital agora mesmo!

E para os nostálgicos, vamos falar um pouco sobre a história do Marketing Online. Nos anos 90, a internet começou a crescer e se sofisticar, surgindo as primeiras empresas online. O Marketing Digital se tornou a base do que conhecemos hoje e é uma das maneiras mais eficazes para as empresas se comunicarem com seus clientes e potenciais clientes.

E por fim, lembre-se que o Marketing Digital é uma das ferramentas mais importantes para alcançar seus objetivos.

Com o passar do tempo, percebeu-se a importância de valorizar o consumidor como parte da estratégia, o que levou ao acréscimo de um novo P ao conceito: o de pessoas (people). As empresas começaram a considerar mais o poder de compra do público para criar campanhas, entendendo que é preciso conquistar as pessoas não apenas com o produto, mas também com a marca.

Se você quiser criar sua persona e desenvolver sua estratégia, confira nosso Fantástico Gerador de Personas.

Lead

Leads são oportunidades de negócio. Eles são contatos que, através de uma estratégia de Inbound Marketing, deixam suas informações-chave para que você possa identificar potenciais compradores e nutri-los com informações relevantes até que estejam prontos para comprar.

Funil de Vendas

O Funil de Vendas, também conhecido como Jornada do Consumidor, é o processo que uma pessoa passa durante a compra, desde a compreensão do problema até a decisão de compra.

CRM

O CRM (Customer Relationship Management) é um software responsável pela gestão eficaz do relacionamento de uma empresa com seus potenciais e atuais clientes.

Entre as diversas funcionalidades que essa ferramenta apresenta, as principais são o cadastro de clientes, registro de suas informações, preferências e últimos contatos realizados com a empresa e controle de follow-ups.

Landing Page

Landing Pages são as páginas de captura de leads, 100% focadas em conversão.

A ideia é que nessas páginas você ofereça um conteúdo ou material de valor e, em troca, os visitantes mais interessados deixem suas informações de contato e, com isso, se tornem leads.

SEO

SEO (Search Engine Optimization) ou otimização para mecanismos de busca são as ações que contribuem para melhorar o potencial de rankeamento de suas páginas e conteúdos, ajudando você a cumprir os principais pré-requisitos exigidos pelas plataformas de pesquisa.

CMS

CMS significa Content Management System, ou Sistema de Gestão de Conteúdos, e é uma ferramenta que possibilita a produção, edição e publicação de conteúdos no ambiente online sem a necessidade de conhecimentos técnicos em programação.

CTA

Os Calls to Action ou CTAs são os botões ou chamadas que direcionam a ação que os usuários devem cumprir ao visitar uma página, para que continuem no fluxo do seu funil de vendas e cheguem ao momento de compra preparados para o consumo.

Fluxo de Nutrição

O Fluxo de Nutrição é um processo de automação de Marketing, onde uma ação do usuário é o gatilho para um fluxo de mensagens, geralmente por e-mail, com o objetivo de ajudar o visitante a caminhar pelo funil de vendas.

Vantagens do Marketing Digital

Por que fazer Marketing na Internet deve ser uma prioridade para as empresas e quais os principais benefícios que uma estratégia online pode oferecer? Neste tópico vamos abordar esse assunto.

Você já deve ter percebido o quanto o Digital mudou a maneira de fazer marketing e para melhor, tanto para empresas quanto para consumidores.

Estratégias de Marketing Digital

Existem inúmeras maneiras de aplicar uma estratégia de Marketing Digital. Entenda quais são e como fazer uma escolha que combine com as necessidades da sua empresa.

O crescente poder de processamento dos computadores e da infraestrutura em internet nos levou a um universo de possibilidades. Basta pensar no volume e na qualidade de conteúdos que temos disponíveis hoje, a maioria deles gratuita.

Hoje, se eu perguntar qualquer coisa ao Google, há boas chances de eu receber uma resposta satisfatória. E essa resposta estará contida em algum conteúdo disponibilizado por um site na internet. Não é incrível?

Seguindo essa lógica, sites que contêm muitas e boas respostas têm mais chances de atrair o público e, consequentemente, conquistar mais clientes, aumentar a percepção de marca e saber cada vez mais sobre o comportamento dos consumidores.

Como mencionado anteriormente, muitos negócios estão migrando dos meios offline para os meios online de marketing. Isso, evidentemente, aumenta a concorrência na web.

Como mencionado anteriormente, o segredo está no método. Para alcançar seus objetivos de marketing, precisamos encontrar maneiras de chegar lá.

Mas, se a internet tem possibilidades infinitas, como posso saber que estou tomando a decisão certa? Não se preocupe, pois agora você conhecerá o que há de mais atual no mundo em termos de estratégia. Confira.

Inbound Marketing

Inbound Marketing é sinônimo de marketing de atração. Ao criar uma estratégia de Inbound, seu objetivo é ser encontrado pelas pessoas.

No Inbound Marketing, as empresas procuram entender as necessidades e desejos dos consumidores e estabelecer um canal de comunicação com eles para oferecer soluções. Felizmente, a internet oferece diversas ferramentas para pesquisas e descoberta dos interesses do público, bem como para publicar conteúdos que satisfaçam suas necessidades.

Quando essa prática é feita de maneira contínua, a empresa cria uma audiência e estabelece um canal de comunicação constante com ela, conversando e não somente enviando mensagens. Isso faz com que as publicações sejam buscadas por cada vez mais pessoas, permitindo entender interesses cada vez mais específicos do público.

Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é a principal estratégia para atrair, converter e encantar a audiência, oferecendo informações relevantes, solucionando problemas reais e de amplo acesso.

Você pode diversificar o alcance do seu conteúdo por meio de diferentes canais, como o blog, que é a casa do Marketing de Conteúdo e permite publicar o que quiser, quando quiser. Além disso, é fundamental ter um site institucional para aumentar a credibilidade do seu negócio e direcionar as pessoas para solicitar seus produtos ou serviços.

Ter uma página nas principais redes sociais também é indispensável para promover suas ações e conteúdos, além de permitir que as pessoas conheçam o “por trás das câmeras” da sua empresa.

Email Marketing

O Email Marketing é uma ferramenta muito útil para enviar mensagens com fins comerciais para um grupo de contatos obtidos por uma empresa na internet. Os emails educacionais são os mais recomendados, pois solucionam problemas e dúvidas.

Para o crescimento orgânico, o SEO Off Page é uma estratégia importante, e o SEM (Search Engine Marketing) é essencial para qualquer estratégia de marketing na internet, permitindo exibir anúncios ou links orgânicos que atinjam usuários com intenções comerciais ao realizar uma busca. Além disso, as mídias pagas oferecem oportunidades únicas de crescimento, com ferramentas e técnicas de analytics que permitem encontrar o caminho para um retorno sobre investimento positivo.

Na internet, existem três tipos de mídias: adquiridas, possuídas e pagas, e todas elas são importantes para promover o seu conteúdo.

Aí vem a boa notícia: há várias maneiras de conquistar a sua audiência! Nunca desconsidere nenhuma delas, pois a combinação de mídias é que vai definir o melhor jeito de chegar até o seu público.

Resultados orgânicos são ótimos a longo prazo, mas a publicidade online pode ser mais rápida e com mais opções. E se você quiser se aventurar, conheça agora algumas modalidades de anúncios:

Pay-per-click (PPC)

PPC é a compra de mídias que são cobradas mediante o número de cliques recebidos pelo seu anúncio. E se você for um anunciante, é possível posicionar o seu anúncio utilizando palavras-chave e variações delas. E o usuário, ao realizar a busca, encontrará esses links patrocinados na SERP.

Display Ads

Um display ou banner é uma mistura de imagens e texto. E eles podem ser exibidos em redes de anunciantes escolhidas por você.

Retargeting

Retargeting são banners que aparecem para o usuário depois que ele visita algum site ou pratica determinada ação. Aqui, a ideia é fazer o seu anúncio ser lembrado pelas pessoas, retomando o engajamento com o seu funil de vendas.

Promoção de conteúdo

Se você faz marketing de conteúdo, a promoção pode ser uma alternativa de mídia paga interessante. E ao promover seu conteúdo, você terá uma exibição privilegiada em motores de busca e redes sociais.

Afiliados

Uma forma muito comum de gerar receita com Marketing Digital é por meio de afiliados. Se você vende algum produto ou serviço, pode criar uma rede de blogs e sites que podem comercializar o seu produto em troca de uma comissão.

E se você quer gerar mais leads e clientes, confira essas dicas:

1. Geração de Leads: é a arte de encontrar usuários potencialmente interessados em seu negócio. A geração de leads se dá em pontos de conversão taticamente posicionados em emails, anúncios, conteúdos, ferramentas etc;

2. Geração de Leads Qualificados: mais do que simplesmente gerar novos contatos, leads qualificados são aqueles identificados como oportunidades de venda. São pessoas mais “adiantadas” no funil;

3. Qualificação de Leads: qualificar leads significa analisá-los de maneira mais precisa, classificando as melhores oportunidades de acordo com o seu comportamento registrado;

4. Nutrição de Leads: nutrir leads significa oferecer conteúdo relevante para a sua base de contatos, de maneira a fazê-los prosseguir no funil de vendas.

E se você quer ter mais sucesso em suas conversões, invista em CRO:

1. Levantando hipóteses: CROs geralmente têm meios de obtenção de dados em todos os seus canais. Ferramentas como o Google Tag Manager permitem a instalação de aplicativos de monitoramento dos usuários em diversos sites e blogs ao mesmo tempo.

2. Principais métricas: Utilizando as ferramentas certas, podemos obter todos os tipos de dados. Olhar para as métricas corretas vai te gerar muita economia de tempo e dinheiro.

E assim você descobrirá o que gera mais receita e poderá quebrá-los em medidas para cada etapa da jornada de compra. A gestão de leads pode ser complicada, mas com a ajuda de ferramentas tecnológicas, você poderá se comunicar com milhares de pessoas de forma personalizada.

Antes de começarmos a falar sobre a otimização de conversão, é importante lembrar que resultados confiáveis são essenciais. Afinal, é a partir deles que podemos criar hipóteses e alcançar ainda mais resultados. Uma maneira de fazer isso é por meio de parcerias com podcasts, posts em áudio e outros blogs e sites.

Para estruturar seu plano de Marketing Digital, o primeiro passo é estabelecer seus objetivos. Eles devem ser SMART, ou seja, específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e ter um prazo definido. Além disso, é importante escolher os KPIs corretos para monitorar o progresso da sua estratégia.

Outro aspecto importante é a persona. Para atingir seu público-alvo, é preciso conhecê-lo bem. Por isso, é interessante procurar usuários da sua base de leads, em mídias sociais como o LinkedIn e Facebook, e realizar pesquisas na internet.

Uma grande vantagem do Marketing Digital é a possibilidade de mensurar o desempenho da sua estratégia. Para isso, é fundamental definir parâmetros de mensuração e escolher as métricas mais relevantes para o seu negócio. Algumas métricas comuns incluem visitantes únicos, sessões, tráfego orgânico e pago, taxa de rejeição, taxa de conversão e links externos.

Por fim, o ROI é um indicador fundamental para avaliar a lucratividade da sua estratégia de Marketing de Conteúdo. Para calculá-lo, basta subtrair o custo do investimento do retorno obtido e dividir pelo custo do investimento.

Essa estratégia é incrível! Ela já foi responsável por mais de 120 vendas e gerou uma receita média de $ 5.000,00, resultando em um ROI de 5 ou 500%. Ou seja, para cada real investido, você pode ter um retorno de cinco reais, o que é simplesmente maravilhoso!

Se você quer calcular o seu ROI, use nossa calculadora interativa. É fácil e rápido!

Ao investir em Marketing de Conteúdo, é importante observar algumas métricas, como o Custo de Aquisição de Clientes (CAC) e o Custo Por Aquisição (CPA). Além disso, é interessante comparar seu CPA com a receita gerada em cada aquisição para entender se sua estratégia está funcionando.

Você também deve medir a eficiência da sua estratégia, seus gastos e a geração de leads projetada. Para isso, utilize a métrica CPL.

Para captar clientes em um curto espaço geográfico, o SEO local pode ser uma ótima estratégia. Além disso, fazer co-marketing com empresas que têm público igual, mas oferecem produtos e serviços diferentes também pode ser uma ótima maneira de atingir novos clientes.

As empresas B2C devem usar estratégias que visam o lado emocional do consumidor, como campanhas em datas comemorativas, email marketing e redes sociais. Já as empresas B2B devem focar em atender outras empresas que utilizam seus produtos e serviços.

O marketing digital possui diversas ferramentas que podem ajudar na administração e mensuração dos seus resultados em todos os canais. Utilize as ferramentas de SEO para filtrar as informações mais importantes e entender o desenvolvimento da sua estratégia.

Lembre-se sempre de ter foco nos números que realmente importam e utilize as ferramentas certas para alcançar seus objetivos.

O SEO é uma ferramenta poderosa e eficiente para melhorar a posição do seu site nos mecanismos de busca. Com uma série de estratégias, é possível alcançar resultados incríveis com otimização.

A Pesquisa de Palavras-chave é uma das estratégias mais importantes para alcançar o sucesso. As ferramentas disponíveis ajudam a identificar oportunidades de termos fundamentais para sua estratégia, bem como a competitividade e o volume de buscas desses termos.

Entre as principais ferramentas de palavras-chave do mercado estão a SEMrush, Ahrefs e Ubersuggest, todas com recursos valiosos para a sua estratégia.

Outra estratégia importante é o SEO técnico, que envolve ferramentas variadas para checar a autoridade de domínio, identificar e corrigir erros de SEO e encontrar conteúdos duplicados. Algumas das melhores ferramentas para SEO técnico são Screaming Frog, MozBar, Yoast e Google XML Sitemap.

As ferramentas de Backlinks também são essenciais para identificar a qualidade dos links recebidos e fazer uma análise de links que devem ser removidos ou redirecionados. Entre as melhores ferramentas para conferir os backlinks do seu site estão o Google Search Console, SEMrush e Ahrefs.

Para compreender o sucesso da sua estratégia, as ferramentas de análise são fundamentais. Elas permitem um acompanhamento de fatores como tráfego, origem do tráfego, caminho dos usuários pelo site, entre outros. Google Analytics e Kissmetrics são excelentes exemplos de ferramentas de análise.

Para acompanhar os resultados que a sua estratégia de Marketing Digital traz para a sua empresa, é fundamental analisar a concorrência e identificar pontos de melhoria e aprender com eles. SEMrush e BuzzSumo são algumas das ferramentas mais populares para fazer comparativos de palavras-chave, backlinks, tráfego, engajamento e muito mais.

Além disso, o design é fundamental em uma estratégia de Marketing Digital. Ferramentas de imagens, como Canva e Adobe Photoshop, são essenciais para a edição, criação e tratamento de imagens. E as ferramentas de automação, como HubSpot, Pipefy e RD Station, são usadas para integrar sua estratégia, gerenciar suas leads e criar testes A/B.

Por fim, as ferramentas de relacionamento interno, como Quintly, Hootsuite, Buzzsumo, Bume.com e mLabs, são fundamentais para centralizar a informação e solucionar problemas rapidamente, garantindo assim o sucesso da sua estratégia.

About me

Hugo
932757549
Braga, Portugal
Hello!

I'm Hugo M.

Marketing Genius

Related Posts

Consultor de Marketing Digital: Aumente suas Vendas!

O marketing digital se tornou uma ferramenta essencial para empresas de todos os tamanhos e segmentos. Com o avanço da tecnologia e o aumento do acesso à internet, as estratégias de marketing tradicionais já não são suficientes para alcançar o público-alvo de forma...

Agência de SEO: Aumente sua visibilidade online.

O SEO (Search Engine Optimization) é uma estratégia fundamental para empresas online que desejam aumentar sua visibilidade nos mecanismos de busca, como o Google. Por meio da otimização de sites, é possível melhorar o posicionamento nos resultados de pesquisa e atrair...